About Me

domingo, setembro 24, 2017

Resenha: O Corvo Negro (Trilogia das Plumas #1)

| |
Título: O Corvo Negro || Autor: Lucas de Lucca
Editora: P.independente || Ano: 2016 || Páginas: 363
      Onde Comprar: Saraiva, Mercado livre, autor.
               Avaliação: 
Sinopse: Ukel mora na capital do reino de Gor em um mundo fantástico repleto de magia e armas mundanas em duelo, mas ele é apenas uma criança. Após as guerras arcanas, a cidade onde vive recebe refugiados do norte e a vida do garoto muda ao conhecer Merienir, uma elfa de cabelos prateados refugiada, e Farem, um órfão de Gor.O Corvo Negro mostra a escalada de Ukel no mundo do crime até se tornar um corvo, um caçador de monstros e malfeitores.Traição, sangue e malícia guiam o caminho do jovem em uma trilogia empolgante onde o protagonista não passa de um egoísta sem redenção.

     Nesse livro, nos vamos acompanhar há escalada de Ukel até se tornar um Corvo - caçador de recompensas. Ukel era um garoto quieto e reservado, orfão de pai, vivia com a mãe em um casebre na zona Sul de Gor. Após um 'principio de guerra' do lado norte do reino, refugiados foram para Gor pedir ajuda ao rei. Foi no meio desses refugiados que Ukel conheceu Merienir, uma jovenzinha elfa de cabelos prateados, e Farem, um orfão pobre do reino.
    Depois da morte de seus pais, Merienir foi obrigada a aceitar a ajuda de Farem e morar junto com ele em sua 'casa'. Porém, o jovem não trabalhava e teve que dobrar os furtos que fazia nos comércios da região, pedindo a ajuda de Ukel.
     A partir do capitulo cinco (5) a estória começa de verdade, com Ukel, Merienir e Farem já adultos. O trio é um dos grupos de ladrões mas temidos do reino de Gor, e tocam o terror na vida dos pobres comerciantes. Ukel adorava o que fazia, adorava ser temido pelo povo e receber dinheiro fácil. Já Merienir, já estava cansada dessa vida de ladrona e queria algo mais digno para ela e seus amigos. 
     Em um dia qualquer como os outros, Ukel acordou cedo e foi para a cidade cobrar os 'impostos' roubados dos comerciantes, quando foi acertado por algum tipo de adaga e desmaiou. O jovem acordou na prisão do castelo e passou um bom tempo por lá, até receber a visita do rei junto com uma proposta de trabalho.

- Que tipo de trabalho?  - O rapaz se levantou da cama e seguiu em direção das grades, os dois guardas dourados colocaram as mãos nos respectivos cabos das espadas e o jovem parou a poucos metros deles. [...]  - A mesma coisa que fazia antes, vai cobrar dinheiro das pessoas, sua amiguinha já faz isso há muito tempo, e nesses últimos dias seu outro amigo fortinho também se mostrou um bom cobrador. Mas eles me disseram que você é quem realmente botava medo nos vendedores!

      Ukel adorava o que fazia, e a ideia de ser traído pelos amigos doía de mais; ele aceitou a proposta do rei, se não, passaria o resto de seus dias naquela prisão. Mas, ele iria moldar sua vingança!
[...] Ele queria matar sua escolta, matar o rei, matar a costureira, matar todo mundo, mas teria que esperar. [...]

O trio ficou conhecido como os novos cobradores do reino, e ganharam uma grande casa do rei. Também começaram a receber bem melhor do que quando eram ladrões. Logo começaram a fazer outros serviços para o rei - como o de exterminar mal feitores do reino - com a ajuda de Leiram, um espião;
Mas mesmo com todos esses benefícios que andavam tendo e com as novas amizades, Ukel estava ficando cada vez mais frio e malvado do que antes. 
Claro, com o tempo ficou de bem novamente com os amigos, e até teve um meio relacionamento com Merienir, mas será que ele os perdoou de verdade? ou tudo faz parte da sua vingança?


    O Corvo negro foi o primeiro livro que li em que o protagonista é do mal. Fiquei encantada com a estória e com a escrita simples do autor. A estória foi bem elaborada e os personagens, bem moldados. Não esperava que Ukel fosse ficar tão frio á ponto de fazer o que fez, e nem esperava um final como o deste; Aguardo ansiosa pela continuação!
    O livro é narrado em terceira (3°) pessoa, e tem uma diagramação bem 'clássica' que combinou perfeitamente com o livro, a fonte (letra) é grande e perfeita para leitura! Além disso, a capa é dura (quanto amorrr) e tem esse mapa (das fotos a cima) que achei muito lindo.♡

Você pode adquirir seu exemplar diretamente comigo enviando um e-mail para literaryheartt@gmail.com e o livro será enviado pelo autor, ou poderá comprar atraves dos sites citados no ínicio do post. 
Boa Leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário