About Me

segunda-feira, maio 07, 2018

Resenha: Sobreviventes do Caos

| |

Título: Sobreviventes do Caos | Autor (a): Bianca Gulim | Editora: Pulicado Independente
Páginas: 457 | Gênero: Ficção, Distopia
Classificação:  
Adicione a sua estante: Skoob
Comprar: Amazon


Sinopse: Em um mundo distópico, no ano 2323, após ser quase dizimada por um vírus mortal e pela guerra, a raça humana tenta se reestruturar. Com poucos recursos disponíveis, a humanidade encontra-se dividida em grupos que vivem de acordo com regras impostas por seus líderes.
Celine cresceu nesse ambiente hostil e se tornou líder dos guerreiros de seu povo após a morte de seus pais. Seu grupo se envolve em diversos conflitos e a jovem precisa tomar as decisões que julga corretas para garantir a sobrevivência de seu povo, enquanto se envolve num forte romance, do qual tenta se manter afastada.
Aos poucos, ela descobre mais sobre as pessoas que a cercam e percebe que, quando se trata de lutar pela própria vida, poucos são previsíveis. Só os mais fortes sobrevivem, e os mais fortes normalmente são os mais crueis. Nesse ambiente, o mais difícil é saber quem realmente está ao seu lado e quem é um traidor.
Será Celine capaz de manter sua benevolência frente à tanta violência que a rodeia? Seu coração terá espaço para a paixão, cercado de tanto ódio?
Prepare-se para muita adrenalina e romance nesse primeiro livro da trilogia 2323. Você vai perder o fôlego!

    Em 2222 um vírus letal ameaça a Terra e a maior parte da população morre, sobrando poucos sobreviventes que se uniram em grupos para tentar sobreviver ao mundo devastado pela Guerra que aconteceu entre os antigos países, para conseguir uma vacina exclusiva para á população de NY.

    Com o passar dos anos, um enorme grupo surgiu onde as pessoas tinham passe livre para mexer em objetos eletrônicos, eletricidade e armas de fogo. Era chamada de Fortaleza, e só viviam lá pessoas vamos dizer... "ricas". Eles possuíam tudo o que as pessoas de fora não tinham, vivendo em acampamentos na floresta.

    O livro é narrado por Celine, uma adolescente que perdeu a mãe ainda criança após a traição do seu pai, que na época era o líder de seu clã e sedento por poder. Após a aparente morte do seu não tão amado pai, Júlio, seu irmão mais velho começa a liderar seu povo e ela fica responsável pelos guerreiros.

    A história começa em 2323 com a ida de Júlio á Fortaleza para pedir ajuda contra o Clã da areia que vive ameaçando a todos. Alguns dias se passam e sem notícias do irmão, Celine fica cada vez mais intrigada e resolve ir atrás dele, sendo raptada por Jafar, líder de outro povo e que estavam 'hospedados' com eles após o acampamento ser invadido pelo povo da areia.

      Após ser raptada dentro do seu próprio acampamento, Celine descobre as verdadeiras intensões de Jafar, uma possível aliança com o povo da areia, uma ameaça ao seu povo e a morte do seu irmão, que nem chegou a pedir ajuda a fortaleza.  Ela precisa conseguir uma saída do cativeiro, junto com Luke e sua irmazinha, que também foram sequestrados.

   Celine é uma garota forte e determinada, uma verdadeira guerreira. Ao longo do livro podemos perceber o amadurecimento dela, assim como o triangulo amoroso que se forma entre ela, Max, um dos seus soldados que antes vivia na Fortaleza - e sabe-se porque decidiu abandonar todo o conforto de lá pra viver na floresta - e Luke, um habitante do Clã da Areia, que fugiu com mais algumas pessoas do líder tirano que se diz Rei, e que acabou sendo pego por Jafar.
   Um livro emocionante, cheio de aventura e momentos suspense. Consegue arrancar vários suspiros com esse triangulo amoroso e deixar nosso coração descompassado com as enrascadas em que Celine entra. Alguns detalhes na história lembra a saga Jogos Vorazes, então quem leu vai gostar. Do mais, anseio por ler logo a continuação "Herdeiro de Sangue" e indico essa saga pra todo mundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário